Página principal



A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa

Descargar 2.1 Mb.

A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa





Descargar 2.1 Mb.
Página7/22
Fecha de conversión24.11.2018
Tamaño2.1 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   22

Fonte: SCImago Journal & Country Rank


Por sua vez, o Australian Business Deans Council realizou um trabalho de classificação de 84 revistas de Turismo e Hotelaria, variando entre o A* e o C, destacando-se o já referido predomínio das revistas Annals of Tourism Research, Journal of Travel Research e Tourism Management no topo da classificação.


Tabela 1: Lista de Revistas Científicas de Turismo e Hotelaria com classificação superior (A* e A)

Nome da Revista

ISSN

Ranking Final Recomendado

Annals of Tourism Research

0160-7383

A*

Journal of Travel Research

0047-2875

A*

Tourism Management

0261-5177

A*

Journal of Hospitality and Leisure Marketing

1050-7051

A

Journal of Hospitality and Tourism Education

1096-3758

A

Journal of Hospitality and Tourism Research

1096-3480

A

International Journal of Hospitality Management

0278-4319

A

International Journal of Tourism Research

1099-2340

A

Journal of Leisure Research

0022-2216

A

Journal of Sustainable Tourism

0966-9582

A

Journal of Tourism Studies

1035-4662

A

Journal of Travel and Tourism Marketing

1054-8408

A

A Leisure Sciences

0149-0400

A

Tourism Analysis

1083-5423

A

Tourism Economics

1354-8166

A

Fonte: Australian Business Deans Council


Segundo Saraiva e Rodrigues (2010) não existiam, até finais do século passado, fortes tradições e infraestruturas científicas, o que justificam pelo número reduzido de doutorados, de investigadores e de artigos publicados. Situação esta que alterou significativamente nos últimos anos devido à realidade portuguesa no que concerne a publicações. Referem ainda os autores que o número de publicações científicas referenciadas na ISI até 1990 era menor que mil e após 2003 ultrapassou os 5 mil.

De acordo com Saraiva e Rodrigues (idem), apesar do crescimento do número de publicações científicas produzidas em Portugal nas últimas décadas, não existe ainda uma forte implantação destas sendo essencialmente dirigidas por sociedades científicas ativas nas suas áreas de investigação e na maioria dos casos são apenas disponibilizadas em suporte de papel e pagas.

Com base numa pesquisa online, relativamente às áreas do Turismo e da Hotelaria encontramos em Portugal apenas cinco publicações científicas ativas, sendo que até ao final do ano de 2013 este número incrementará para sete com a introdução da Tourism and Hospitality International Journal, um projeto do Departamento de Turismo do Instituto Superior de Ciências Educativas em parceria com a Associação Portuguesa para a Investigação e Desenvolvimento em Turismo e que emerge numa revista científica semestral, de formato digital e gratuito, disponível no sítio www.isce-turismo.com, e o Journal of Tourism Security, um projeto da FTCD Foundation.

Quanto às publicações ativas podemos considerar a Revista Pasos – Revista de Turismo y Patrimonio Cultural (ISSN 1695-7121) a mais antiga, que resulta de um projeto conjunto da Universidad de la Laguna (Instituto Universitário de Ciências Políticas e Sociais) e o Instituto Superior da Maia, que funciona desde 2003, em formato digital e com um processo de revisão de blind referee. Este periódico iniciou como publicação anual e desde 2008 com uma ‘tiragem’ quadrimestral. É disponibilizada online de forma gratuita (Pasos – Revista de Turismo y Patrimonio Cultural, 2013).

A Revista Turismo & Desenvolvimento (ISSN: 1645-9261 e e-ISSN: 2182-1453) existe desde 2004 como publicação semestral da responsabilidade do Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial, da Universidade de Aveiro. O processo de revisão é através de double-blind peer review e as publicações podem ser adquiridas em diversos pontos de venda mediante pagamento (Universidade de Aveiro, 2013).

A Tourism and Management Studies (ISSN: 2182-8466), um projeto da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo, da Universidade do Algarve, iniciou em 2005 como publicação anual e em 2012 passou a ser publicada semestralmente. Esta pode ser consultada em versão impressa e digital no website da revista e o seu processo de revisão dos trabalhos submetidos é também através do double-blind peer review (Tourism Management Studies, 2013).

A Cogitur – Journal of Tourism Studies (ISSN: 1647-0125) é uma publicação anual da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, que pode ser adquirida gratuitamente em versão impressa e digital. O processo de revisão é igualmente por double-blind peer review (Cogitur – Journal of Tourism Studies, 2013).

A publicação mais recente de Turismo e Hotelaria que temos conhecimento é o European Journal of Tourism, Hospitality and Recreation (ISSN: 2182-4916), da responsabilidade da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar, do Instituto Politécnico de Leiria. É uma publicação que existe desde 2011 com edição quadrimestral e pode ser adquirida nas versões impressa e digital e o seu processo de revisão é peer-reviewed (European Journal of Tourism, Hospitality and Recreation, 2013).

Como referido anteriormente, de acordo com a nossa investigação online o número de publicações científicas portuguesas nas áreas do Turismo e da Hotelaria aumentará até ao final do ano com o lançamento desta revista - Tourism and Hospitality International Journal -, em setembro, e do Journal of Tourism Security, em novembro.


Referências

Ballantyne, R., Packer, J. & Axelsen, M. (2009). Trends in tourism research. Annals of Tourism Research, 36(1): 149 – 152.

Chang, C., McAleer, M. (2012). Citations and Impact of ISI Tourism and Hospitality Journals. Tourism Management Perspective, 1: 2-8.

Cogitur – Journal of Tourism Studies (2013).http://revistas.ulusofona.pt/index.php/jts. (Acedido em agosto de 2013).

Dann, G., Nash, D. & Pearce, P. (1988). Methodology in tourism research. Annals of

Tourism Research, 15(1): 1–28.

European Journal of Tourism, Hospitality and Recreation (2013). http://www.ejthr.com/index.php. (Acedido em agosto de 2013).

European Journal of Tourism, Hospitality and Recreation (2013). http://www.ejthr.com/index.php. (Acedido em agosto de 2013).

Kim, S.-H. (1998). Content analysis: Annals of tourism research and journal of travel research. Master’s thesis, University of Winsconsin-Stout. MS thesis on hospitality and tourism.

Howey, R. M., Savage, K. S., Verbeeten, M. J. & Van Hoof, H. B. (1999). Tourism and

Hospitality research journals: cross-citations among research communities. Tourism Management, 20(1): 133–139.

Law, R. & Chon, K. (2007). Evaluating research performance in tourism and hospitality: the perspective of university program heads. Tourism Management, 28(5).

McKercher, B., Law, R., Lam, T. (2006). Rating tourism and hospitality journals. Tourism Management, 27: 1235-1252.

Mehmetoglu, M. (2004). Research methods in tourism and hospitality. Scandinavian Journal of Hospitality & Tourism, 4(3): 173.

Morley, C. L. (1990). What is tourism? The Journal of Tourism Studies, 1(1): 3–8.

Pasos – Revista Turismo y Patrimonio Cultural (2013). http://www.pasosonline.org/. (Acedido em agosto de 2013).

Pechlaner, H., Zehrer, A., Matzler, K. & Abfalter, D. (2004). A ranking of international

tourism and hospitality journals. Journal of Travel Research, 42(4): 328–332.

Ryan, C. (2005). The ranking and rating of academics and journals in tourism research.

Tourism Management, 26(5): 657–662.

Santos, J. P. (2008). Análise autoral da revista turismo & desenvolvimento. Revista Turismo & Desenvolvimento, (10): 57–66.

Saraiva, R. e Rodrigues, E. (2010). O Acesso Livre à literatura científica em Portugal: a situação actual e as perspectivas futuras. In Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas, 10, Guimarães, Portugal, 2010 – “Políticas de informação na sociedade em rede: atas”. [S.l.] : APBAD, 2010.

Sheldon, P. J. (1991). An authorship analysis of tourism research. Annals of Tourism Research, 18(3): 473–484.

Sheldon, P. J. (1990). Journals in tourism and hospitality – the perceptions of publishing faculty. The Journal of Tourism Studies, 1(1): 42–48.

Swain, M. B., Brent, M. & Long, V. H. (1998). Annals and tourism evolving - indexing 25 years of publication. Annals of Tourism Research, 25(4): 991–1014.

Tourism Management Studies (2013). http://tmstudies.net/index.php/ectms. (Acedido em agosto de 2013).

Tribe, J. (1997). The indiscipline of tourism. Annals of Tourism Research, 24(3): 638–657.

Universidade de Aveiro (2013). Apresentação da Revista Turismo&Desenvolvimento. http://www.ua.pt/degei/rtd/apresentacao. (Acedido em agosto de 2013).

Weed, M. (2009). Progress in sports tourism research? A meta-review and exploration of futures. Tourism Management, 30: 615–628.

Xiao, H. G. & Smith, S. L. J. (2005). Source knowledge for tourism research. Annals of Tourism Research, 32(1): 272–275.

Yuksel, A. (2003). Writing publishable papers. Tourism Management, 24: 437–446.

Zhao, W. B. & Ritchie, J. R. B. (2007). An investigation of academic leadership in tourism research: 1985-2004. Tourism Management, 28(2): 476–490.













1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   22

Similar:

A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa iconNormas de la apa para la redacción de resultados de investigacióN
A pesar de que existe un amplio consenso sobre estas normas algunas revistas puede hacer ligeras variaciones de las que siempre encontraremos...
A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa iconNormas apa 2017 6ta (sexta) edición
Desde el año 1929, cuando sale a luz el primer esbozo de las normas, hasta el presente, apa se ha convertido en un extenso manual...
A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa iconCapa da revista 3a Edição
O itegam-jetia – Journal of Engineering and Technology for Industry Applications (jetia) é uma publicação do
A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa icon258193358-Libro-Manual-de-Publicaciones-APA-Re.pdf [formulario apa sexta edicion]

A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa iconFormato apa – quinta edicióN
El estilo apa, como es presentado en este folleto, es ampliamente aceptado en las
A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa iconEl formato apa
American Psychological Association (apa) ha sido adoptado internacionalmente por numerosas instituciones académicas, revistas científicas...
A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa iconNormas apa sexta Edición
Figura X. Hillutet aut ut fugit, optatiam velibusa voluptate aliquost, tem as dita co
A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa iconXv seminário Luso-Espanhol de Economia Empresarial “o papel das Organizações na Sustentabilidade das Economias em Crise”
Economia da Empresa
A formatação da revista obedece à 6ª edição das normas apa iconForderungsanmeldung im Insolvenzverfahren
Anmeldungen sind stets nur an den Insolvenzverwalter (Treuhänder, Sachwalter) zu senden, nicht an das Gericht. Bitte beachten Sie...


Descargar 2.1 Mb.